domingo, 24 de janeiro de 2010

Dicionário Biográfico de Cinfães: José da Silva Cardoso Pereira e Vasconcelos

José da Silva Cardoso Pereira e Vasconcelos (séc. XVIII, n. Marcelim, Tendais – f. Souto do Rio, Cinfães)
Pescador, comerciante e proprietário
 

José da Silva Cardoso Pereira e Vasconcelos, que terá nascido no final da primeira metade do século XVIII, é um caso de sucesso que contradiz a ideia da sociedade de classes do Antigo Regime, fechada e avessa à mobilidade social. A sua vida diz-nos muito sobre a capacidade empreendedora do homem setecentista e, mais ainda, da tenacidade dos filhos ilegítimos, a quem por lei ou por tradição nem sempre eram dadas as mesmas oportunidades. Encontramos a referência à sua vida no folhetim "Os dois falladores", da autoria do notário A. Cardoso Pinto de Vasconcelos*, publicado no jornal A Justiça:
O Álvaro José Cardoso Pereira de Vasconcelos, que foi capitão de ordenanças [do concelho de Cinfães], casou-se com D. Quitéria Eufrásia Pinto de Vasconcelos; mas deste matrimónio não lhe sobreviveram filhos. Teve, porém, um filho natural de nome José da Silva Cardoso Pereira e Vasconcelos Montenegro, sendo sua mão Maria Rodrigues, solteira, de Marcelim da freguesia de Tendais, filha de Manuel Rodrigues e Natália Rodrigues Ribeiro, do mesmo lugar de Marcelim. Este José da Silva Cardoso Pereira e Vasconcelos Montenegro, filho único, natural e perfilhado pelo pai dito capitão, Álvaro, em vida do pai tomou conta da administração da casa, e pelo seu trabalho de pescador exímio chegando a auferir da pesca 600$000 réis anuais, e de comerciante de frutas de espinho e de madeiras, tornou o cais do Souto do Rio um dos melhores do Rio Douro (1).

[Continuar a ler...]

Speech by ReadSpeaker